Música do simples ao complexo

Antes dos 3 anos as crianças são muito mais auditivas do que visuais. Mas de jeito algum isso pode ser colocado como um processo de musicalização das crianças pequenas. A música de Bach e Vivaldi podem até estimular mais genuinamente as crianças pequenas, mas seriam mais indicadas para crianças de 10 a 12 anos. Lá serviriam de conteúdo musical. A música de Villa Lobos, com exceção do que ele escreveu especificamente para crianças, é muito complexa nas harmonias para a alma e disposição corporal da criança pequena. Seria maravilhosa para trabalhar com a 1a adolescência. O caminho da alegria, simplicidade, sutileza e beleza que se trilha com a pentatônica com movimentos e com instrumentos sonoros adequados como o Kântele é o que mais respeita a naturalidade infantil e a saúde vital da criança pequena. É verdadeiramente uma musicalização adequada para crianças pequenas. Em 1o lugar vem os hábitos e bons costumes musicais da família. O próximo passo é perceber o que é importante e melhor para a criança pequena. Em 3o lugar é praticar a música adequada.

Como fazer os educadores e os pais entenderem e perceberem isso?
Fazendo apresentações interativas. Fazer os pais e professores vivenciarem, cantarem, tocarem, criarem e representarem esses momentos musicais. O essencial é que a música é o próprio ser humano que cria e essa criação acompanha o desenvolvimento físico, anímico e espiritual dele mesmo e de sua consciência. A história da música nos mostra esse caminho. Do simples ao complexo. Hoje é muito comum desenvolver teorias tiradas de um julgamento ou de uma ideia. Tb a educação musical. Mas vejo que partes boas ou ruins do todo. Esse todo do desenvolvimento do ser humano Steiner nos revela de maneira magistral. Precisamos ser capazes de compreender e de poder defender essa tese perante o mundo.
Meca Vargas

Matérias

Rua Mangabeiras 275 - Santo Antônio - Belo Horizonte - MG
Rua Fraternidade 558 - Santo Amaro - São Paulo - SP
cantacantaro@gmail.com
Siga-nos
(31) 3344-3236
(31) 99956-3236