Atividades Oferecidas

Lira

A lira é um instrumento tão suave e tão harmonioso, que consegue levar quem a ouve a um estado profundo de calma e aconchego. Se parece com uma harpa de colo e pode possuir 27, 36, 39 ou 43 cordas – ou mais – dependendo do modelo. É o instrumento mais antigo de cordas de que se tem notícia. Num determinado momento da história da humanidade a lira desapareceu, tendo ressurgido com enorme força na Europa, no início do século passado pelas mãos do músico Edmund Pracht e do construtor de instrumentos Lothar Gäertner.

Pode-se tocar de tudo na Lira. Ela é como um piano,possui a mesma variedade de notas. O Cântaro já apresentou, nos diversos congressos internacional de liras que participou, assim como em concertos no Brasil, músicas como: Garota de Ipanema, Tico-Tico no Fubá, Passaredo, Asa Branca, Muié Rendêra, Trem das Onze, Trenzinho Caipira, Jesus Alegria dos Homens e muitas outras.

Professores:
Flávia Betti; Karla Polanczyk.

Kântele

Instrumento de cordas da família das liras e originário da Finlândia, foi resgatado pelo fundador da Antroposofia, Rudolf Steiner, no início do século XX. Afinado na escala pentatônica (re mi sol lá si re’ mi’), possui uma sonoridade especial que cria um ambiente de tranquilidade e harmonia. Muito utilizado nos jardins de infância, 1º. e 2º. ano do fundamental. É o alimento sonoro mais adequado para os bebês e convalescentes, pois atua diretamente na respiração, trazendo vitalidade.

Prepara o ambiente para um culto, ritual, uma palestra, acalmando a torrente de pensamentos. O toque carinhoso dos nossos dedos em suas cordas dá vida a tons tão suaves e cheios de luz que também nos sentimos tocados em nosso interior. Usado também de forma artística, o kântele pode ser um grande aliado na busca do nosso equilíbrio.

Professores:
Karla Polanczyk; Flávia Betti.

Canto e Canto Coral

A “Escola do Desvendar da Voz” foi criada no início do século passado por Valborg Werbeck. Esta escola de canto tem como base o conhecimento espiritual e humano proposto pela Antroposofia.

A Sra. Werbeck acreditava que toda voz já nasce pronta, mas ao longo da vida, a pessoa vai criando tensões, obstruções, acumulando traumas emocionais que vão danificando essa organização vocal maravilhosa que é a laringe. Essa técnica se propõe a desobstruir tudo aquilo que impede a voz de soar livremente. Ela pode ser usada com objetivos terapêuticos ou artísticos através de exercícios específicos.

Professores:
Flávia Betti; Karla Polanczyk.

Cantoterapia

“É um caminho de autotransformação através das forças sanadoras do canto”. Através de uma compreensão profunda da fisiologia humana, dos elementos fonéticos e dos elementos da música, o terapeuta pode fortalecer, desbloquear, tonificar e curar diversos tipos de doenças. Levando em conta aspectos físicos, emocionais e psíquicos.

Na Cantoterapia a base é a respiração, “a grande curadora”. Através da inspiração e expiração nos aproximamos de nós, ao mesmo tempo em que nos expandimos para o mundo, estabelecendo uma troca saudável e vital.

Professores:
Flávia Betti; Karla Polanczyk.

Confira a grade de horários de nossas aulas
Rua Fraternidade 558 - Santo Amaro - São Paulo - SP
Rua Mangabeiras 275 - Santo Antônio - Belo Horizonte - MG
cantacantaro@gmail.com
(31) 3344-3236
(31) 99956-3236
Todas as ilustrações deste site são de autoria de luciana betti